Biografia Carlos Costa

Carlos Costa, o fotógrafo e o tempo
Por José de Paiva Rebouças/Jornalista

Carlos Antônio da Costa, conhecido no meio fotográfico como Carlos Costa, é um dos mais brilhantes profissionais em atividade do Rio Grande do Norte. De personalidade forte, transparece uma imagem austera, mas na verdade esse comportamento é apenas um complemento de sua arte e de seu processo de concentração. Filho da dona de casa Francisca Nogueira da Costa, nasceu no dia 12 de novembro de 1972, às 14h30, em sua casa na rua Amâncio Leite, bairro Boa Vista, Mossoró. Mas sua infância foi toda no bairro Lagoa do Mato, em uma casa próxima a do poeta Antônio Francisco, com quem convive desde então.

Sensível para causas sociais, poderia ter juntado na estante de casa uma dezena de troféus e medalhas, mas esse é outro detalhe que não lhe interessa. Imagens como a do “menino no lixão”, que se tornou antológica na imprensa mossoroense, revelam a atenção desse artista da caixa-preta, movedor de sombras.

A obra de Carlos Costa, pode-se dizer, confunde-se com a de Manuelito, o mais célebre fotógrafo Mossoroense de todos os tempos. Como ele, Carlos vem guardando, ao longo de sua carreira, registros categóricos que ajudarão as futuras gerações a compreender mais da nossa história.

Carlos Costa encontrou Manuelito num momento decisivo, quando ele poderia, definitivamente, ser esquecido. Na década de 1990, trabalhava na Cine Foto Oeste, no prédio da União dos Artistas, e foi solicitado para fazer uma limpeza no sótão, descobrindo, em várias caixas, um acervo de fotografias, filmes, máquinas e negativos do velho fotógrafo que, por esse tempo, já tinha partido para o plano superior. O material foi entregue ao museu e hoje está disponível para toda a população.

No Jornal De Fato desde sua fundação, há 19 anos, atravessou momentos decisivos da cena política estadual. Militante democrático há pelo menos 32 anos, sempre ao lado da hoje prefeita Rosalba Ciarlini, é quem mais reúne imagens, registros e momentos da mais importante personalidade política mossoroense e potiguar que se consagrou como a primeira prefeita eleita de Mossoró e a primeira mulher senadora do Rio Grande do Norte. Fez ainda as campanhas vitoriosas das ex-prefeitas Fafá Rosado e Cláudia Regina, do ex-deputado estadual Leonardo Nogueira, do deputado federal Beto Rosado e da vitoriosa histórica Rosalba Ciarlini.

Com Carlos Costa, descobrimos que não é possível dissociar o fotojornalismo da história, de forma que, esse profissional não é apenas um partícipe dos acontecimentos, mas o responsável pelo seu congelamento e por mantê-lo vivo na memória de todos nós.