Produção de camarão no RN chega a 20,7 mil toneladas

Produção de camarão no RN chega a 20,7 mil toneladas
Produção de camarão no RN chega a 20,7 mil toneladas

Essa produção corresponde a 38,2% da produção nacional, fazendo com que o estado tenha o terceiro ano seguido de crescimento da carcinicultura, e se mantém no topo do ranking nacional

Números:

20,7 toneladas produzidas.

555,4 milhões. Valor da produção.

6, numero de cidades produtoras no RN

Com a produção de 20,7 mil toneladas, o Rio Grande do Norte se mantém como maior produtor de camarão do Brasil. Essa quantidade corresponde a 38,2% de todo o camarão produzido em território nacional. Os dados foram divulgados hoje (15) e fazem parte da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) 2019 do IBGE.


As 20,7 mil toneladas geraram R$ 555,4 milhões. Esse dinheiro representa 46,8% do valor de produção de camarão do Brasil em 2019. Na comparação com 2018, houve um crescimento de 5,1% na produção do crustáceo. Esse é o terceiro ano seguido de crescimento da carcinicultura norte-rio-grandense.


Entre os dez municípios com maior produção de camarão do Brasil, seis são do Rio Grande do Norte: Pendências, Canguaretama, Arês, Mossoró, Senador Georgino Avelino e Nísia Floresta. A soma da produção desses municípios representa 71% de todo o camarão produzido no estado.
O Rio Grande do Norte também é o maior produtor de larvas de camarão do Brasil com 6,7 milhões de milheiros em 2019. Essa quantidade representa 56% da produção nacional de larvas. Juntos, o estado potiguar e o Ceará produzem 93% das larvas de camarão nacionais.


O resultado mostra que a produção de camarão no Brasil está em alta, sendo determinante para a economia nacional, especialmente no Nordeste do país.


De acordo com a pesquisa, resultou na produção de 45,8 mil toneladas de camarão em 2018.
O número, que já é bastante significativo, torna-se ainda mais relevante ao comparar com os resultados de 2017, quando foram produzidas aproximadamente 41,11 mil toneladas de camarão, ou seja, houve um aumento de 11,4% na produção entre os dois anos.


De acordo com o relatório “Shrimp Market – Growth, Trends, and Forecast (2019 – 2024)”, este mercado movimentou US$ 45 bilhões em 2018 e estima-se que apresente uma taxa anual de crescimento composta (CAGR) de 5,2% entre 2019 e 2024.


Se as estimativas forem confirmadas, o mercado de camarões movimentará US$ 58 bilhões em todo o mundo no ano de 2024.

Compartilhe esta postagem:

Publicidade