Prefeitura de Mossoró conta com respiradores no SAMU e UPAS e deve receber sete novos em abril

Prefeitura de Mossoró conta com respiradores no SAMU e UPAS e deve receber sete novos em abril
Prefeitura de Mossoró conta com respiradores no SAMU e UPAS e deve receber sete novos em abril

A Prefeitura de Mossoró, por meio da Secretaria de Saúde, dispõe de um respirador em cada uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs do Belo Horizonte e Santo Antônio) e mais dois respiradores no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de transporte. A secretária de Saúde de Mossoró, Saudade Azevedo, recebeu a confirmação de Cipriano Maia, secretário da SESAP, no início da tarde desta quarta-feira (25), que o Município vai receber sete novos respiradores em abril. Desses equipamentos, dois serão destinados para cada uma das três UPA e um para o SAMU.

Além dos respiradores nessas Unidades, Mossoró conta com 93 leitos de UTI com respiradores conveniados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desse número, 76 são exclusivamente para adultos e crianças, 17 para recém-nascidos.

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Mossoró está trabalhando em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (SESAP) para encontrar alternativas que possam ampliar o número de leitos de UTI exclusivamente para necessidades do novo coronavírus na cidade.

Atualmente o Hospital Regional Tarcísio de Vasconcelos Maia conta com sete leitos de isolamento do Covid-19.

PERSPECTIVAS DE NOVOS LEITOS DE UTI EM MOSSORÓ EXCLUSIVAMENTE PARA O NOVO CORONAVÍRUS (COVID19)

Em um trabalho em conjunto de diversas entidades, incluindo as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, há uma perspectiva que Mossoró passe a contar em breve, com leitos exclusivamente para o Covid-19. Sendo 20 no Hospital Regional Tarcísio de Vasconcelos Maia e 10 no Hospital Rafael Fernandes de responsabilidade da SESAP. Cinco leitos reservados às gestantes pela Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e Infância de Mossoró (APAMIM) tendo o apoio da Prefeitura de Mossoró no credenciamento junto ao Ministério da Saúde. Além da possibilidade de 15 leitos no Hospital São Luiz.

Compartilhe esta postagem:

Publicidade