Em calamidade financeira, Prefeitura gasta mais de R$ 1 milhão com publicidade

Em calamidade financeira, Prefeitura gasta mais de R$ 1 milhão com publicidade

Leia mais
Publicidade

Depois de 16 meses, aulas presenciais retornam na rede pública nesta segunda-feira

Depois de 16 meses, aulas presenciais retornam na rede pública nesta segunda-feira

Leia mais
Publicidade

Em 7 meses de gestão, Allyson já assinou 62 contratos com dispensa de licitação

Em 7 meses de gestão, Allyson já assinou 62 contratos com dispensa de licitação

Leia mais
Publicidade

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 6

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 6

Benefício varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

Leia mais
Publicidade

Governadora inaugura oficialmente nova Central do Cidadão de Alexandria

Governadora inaugura oficialmente nova Central do Cidadão de Alexandria
Governadora inaugura oficialmente nova Central do Cidadão de Alexandria
Governadora inaugura oficialmente nova Central do Cidadão de Alexandria
Governadora inaugura oficialmente nova Central do Cidadão de Alexandria

Leia mais
Publicidade

Tremor de terra atinge região litorânea do RN

Tremor de terra atinge região litorânea do RN

Leia mais
Publicidade

Bolsonaro diz que pode se filiar ao PP para disputar as eleições de 2022

Bolsonaro diz que pode se filiar ao PP para disputar as eleições de 2022

Leia mais
Publicidade

Denúncia grave: Prefeitura de Mossoró (RN) tem vacinas sobrando e segura para fazer marketing no fim de semana

Denúncia grave: Prefeitura de Mossoró (RN) tem vacinas sobrando e segura para fazer marketing no fim de semana

Leia mais
Publicidade

Mercado exportador de melão do RN e CE dá início à nova safra

Mercado exportador de melão do RN e CE dá início à nova safra

Leia mais
Publicidade

Bolsonaro envia dinheiro para ONGs de fachada e uma envolvida com maconha, diz revista

Bolsonaro envia dinheiro para ONGs de fachada e uma envolvida com maconha, diz revista

O governo Bolsonaro foi apontado em um novo esquema de corrupção ligado a ONGs de fachada. Ao todo, nove entidades sem fins lucrativos que não existem teriam sido beneficiadas com R$ 17 milhões dos cofres públicos.

Leia mais
Publicidade